Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \25\UTC 2009

Quando crescer…

Quando crescer…

Quando crescer quero ser ninguém
Vagar pelas ruas, ver e não ser visto
Quando crescer quero que minhas curvas sejam como as de um violão
A cada toque um sentimento, uma resposta, uma sensação…

Vou viver de poesia
Da mais pura palavra
Sorver das letras o ar
Ar que enche meus pulmões e contamina minhas células

Quando crescer quero viajar
Viajar em seu corpo
Viajar em seus pensamentos
Viajar sem rumo
Rumo ao infinito

Quero ser grande
Grande o suficiente para parar
Parar e olhar
Sem medo de perceber e realizar

Quando crescer quero ser espiral
Espiral e espiritual
Me interligar e formar uma unidade
Depois desligar e sentir
Sentir a quebra e o recomeço

Quero ser amor
Poder amar e crer
Crer que você também me vê e quer sentir
Sentir meus cabelos, meu toque…

Quero correr entre as ruas e me fundir ao vento
Sussurar pelas paredes que sou sua
Acalentar os que dormem com sonhos de luz
Meus pulmões sufocados pelos seus beijos
Beijos que não passam de sonhos

Não quero despertar
O Sol insiste, fecho os olhos
Com a esperança de crescer
Crescer em mim
Crescer em você

Read Full Post »